sábado, 23 de julho de 2022

Grêmio 2x1 Ponte Preta (Série B 2022, 20.ª rodada, Arena do Grêmio, 23.07.2022, 16h30min)

Público: 43 mil

 Duas vitórias em casa, com boas atuações, faziam acreditar que o Grêmio de Roger tinha se encontrado, e mudado de patamar. Acreditei na vitória fora de casa, contra o Brusque, sobretudo por ser a última rodada do primeiro turno. O Grêmio só venceu uma vez, contra Operário, fora da Arena.

Os relatos foram de um jogo muito ruim, com o Grêmio saindo na frente,  com Bitello, assistência de Biel, mas sofrendo o empate em bola aérea. O Brusque, onde joga o ex-lateral gremista Pará, não deixou Ferreira jogar.

O Grêmio finalizou o primeiro turno na quarta colocação, com quatro pontos de vantagem sobre o quinto colocado. Já se acredita que a subida para a Série A está encaminhada, e, vendo-se os três times da ponta de cima perderem pontos em jogos aleatórios, pode-se pensar em título (por mim, sou pela luta pelo título).

As notícias sobre eleição de conselho e presidencial no Grêmio já estão aparecendo com mais frequência. Fala-se em disputa entre Odorico Roman, Alberto Guerra e Denis Abrahão.

Série B - 19ª rodada - 19/7/2022

Brusque 1x1 Grêmio

BRUSQUE: Jordan; Pará (Edilson, 33’/2ºT), Wallace Reis, Éverton Alemão e Airton; Rodolfo, Zé Mateus, Balotelli e Álvaro (Gabriel Taliari, 33’/2ºT); Fernandinho e Crislan (Junior Todinho, 17’/2ºT). Técnico: Luan Carlos

GRÊMIO: Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti (Thiago Santos, 35’/2ºT), Bitello (Sarará, 42’/2ºT), Biel (Pedro Lucas, 35’/2ºT), Campaz (Janderson, 21’/2ºT) e Ferreira  (Elias, 42’/2ºT); Diego Souza. Técnico: Roger Machado

GOLS: Bitello (G), aos 3 minutos, e Wallace Reis (B), aos 8 minutos do 2º tempo

CARTÕES AMARELOS:* Alvaro e Fernandinho (B);  Pedro Lucas (G)

LOCAL: Estádio Augusto Bauer, em Brusque

ARBITRAGEM:* Luiz Flávio de Oliveira (Fifa), auxiliado por Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Daniel Luis Marques (trio paulista). VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (Fifa-SP).


Na abertura do segundo turno, contra a Ponte Preta, de Hélio dos Anjos, o Grêmio teria à disposição as novas contratações: Lucas Leiva, Guilherme e Thaciano (este acabou não sendo liberado para jogar, pois ainda não completou os prazos da CBF quanto ao esquema vacinal).

A escalação foi discutida a semana toda, mas prevaleceu o entendimento de Roger, de dar prioridade a quem já está no elenco, e abrir espaço para os recém-chegados aos poucos, e ganharem a posição no campo.

Saí com antecedência para a Arena, pois foi divulgado que a presença de público seria de mais de 40mil (ingressos esgotados). Estacionei na Voluntários, onde já deixei em outras rodadas, e me posicionei atrás da goleira que fica de frente para a arquibancada norte.

Diego Souza abriu o placar, com um gol de bicicleta. Inicialmente foi anulado, sob alegação de impedimento, mas o VAR confirmou o golaço.

Em seguida a torcida cantou ainda mais alto, e envolveu toda a Arena. Foi emocionante, todo o estádio cantando e vibrando.

Campaz ampliou a vantagem e tudo se encaminhava para um jogo tranquilo. O colombiano se apresentou bem, com duas roubadas de bola importantes, além do gol. Mas já poderia ter saído no intervalo, para ingresso do Lucas Leiva, que a Arena toda queria ver.

Aos 30min, Hélio dos Anjos fez duas substituições, mas até o intervalo o jogo estava tranquilo.

Na volta do intervalo, uma surpresa: Rodrigues no lugar de Geromel. O zagueiro titular jogou todas as partidas e todos os minutos da Série B, e por coincidência nessa semana se falou que o cara estava em forma para aguentar toda essa minutagem, mas que eventualmente poderia ser preservado. Pode ter sido o caso hoje.

Efeito disso que nós notamos é que a saída de bola piorou consideravelmente. Ficou muito difícil para o Grêmio sair com a bola pela defesa. Não fosse isso suficiente, e Rodrigues ainda vacilou numa bola que ele era o último zagueiro, e sobrou para o atacante da Ponte Preta, que avançou, mas só não fez o gol pois Villasanti veio na corrida para salvar o lance.

A Ponte Preta descontou num momento em que a Arena cantava alto, e o pessoal erguia os celulares com as lanternas ligadas, dando um efeito muito bonito. Parecia que estava todo mundo distraído com a festa da torcida.

Roger fez as substituições esperadas: entraram Lucas Leiva e Guilherme, além dos de Pedro Lucas. Achei que Lucas Leiva não estava com ritmo de jogo: errou passes, deu botes errados. Parece mesmo que não tinha condições de sair jogando desde o início, então foi acertado entrar no decorrer do jogo. Guilherme me pareceu mais agilizado, com pique pra correria, e vi ajudando na defesa.


A Ponte Preta teve chances para empatar, e exigiu defesa de Gabriel Grando. Pessoal que estava sentado na minha volta não tinha boa opinião sobre o goleiro, e também Rodrigo Ferreira. O lateral-direito teve alguns erros, mas no geral não acho ruim. Uma coisa que percebi no aquecimento dos jogadores, foi um treino de lançamentos entre os laterais. Nicolas impressionou pela excelente batida de bola, o cara botava a bola no pé, ou no peito, do Rodrigo Ferreira. Já este revelou mais dificuldades: a bola não ia direto no Nicolas, ela batia antes no chão, e o Nicolas ainda tinha que dar
uns passos para chegar até a bola e dominar. Por aí vi que os laterais estão em patamares diferentes. Nicolas é muito superior na batida de bola. E nos jogos têm contribuído com assistências.

O jogo se encaminhou para o final, e não teve pressão do time adversário. A vitória foi muito aplaudida e comemorada.

Dependendo de tropeços dos adversários, o Grêmio pode até chegar na vice-liderança. Próximos dois jogos agora são fora de casa.


Série B - 20ª rodada - 23/7/2022

GRÊMIO 2x1 PONTE PRETA

GRÊMIO: Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Geromel (Rodrigues, INT), Bruno Alves e Nicolas; Villasanti, Bitello (Pedro Lucas, 29’/2ºT); Biel (Lucas Leiva, 14’/2ºT), Campaz (Guilherme, 14’/2ºT) e Ferreira; Diego Souza. Técnico: Roger Machado.

PONTE PRETA: Caíque França; Thiago Oliveira (Echaporã, INT), Douglas Mendes e Fábio Sanches; Igor Formiga, Amaral (Fraga, 12’/2ºT), Léo Naldi, Wallison e Artur (Jean Carlos, 29’/2ºT); Leandro Barcia (Fessin, 33’/1ºT) e Nicolas (Da Silva, 33’/1ºT). Técnico: Hélio dos Anjos.

GOLS: Diego Souza (G), aos 10min, Campaz (G), aos 23min do 1º tempo; Wallison (P), aos 13min do 2º tempo

CARTÕES AMARELOS: Ferreira e Bruno Alves (G); Da Silva, Echaporã, Fraga (P)

PÚBLICO PAGANTE: 41.932

PÚBLICO TOTAL: 43.687

RENDA: R$ 1.893.242,00

ARBITRAGEM:Paulo Cesar Zanovelli, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Leandro Pereira (trio de MG) VAR: Rodrigo D’Alonso (SC)

Próximo jogo

Terça-feira, 26/7 - 18h30min

Chapecoense x Grêmio

Arena Contá (Série B – 21ª rodada)

Grêmio 3x0 Tombense (Série B 2022, 18.ª rodada, Arena do Grêmio, 16.07.2022, 16h30min)

Público: 24 mil

Uma semana depois do jogo contra o Náutico, o Grêmio voltou a atuar como mandante, agora contra o Tombense. Para este jogo, eu tinha um compromisso que me exigiu pela manhã até a hora de sair para a Arena (e depois prosseguiu quando voltei para casa). Então estava cansado para acompanhar o jogo, mas valeu a pena, filmei o jogo completo, e a atuação do time foi empolgante.

Finalmente o Grêmio goleou em casa. Para o torcedor, o Grêmio deveria golear todos os jogos na Série B, mas temos visto que as coisas não são simples, seja pela qualidade do elenco gremista, acerto ou erro das decisões da comissão técnica, e também a própria postura do time adversário.

O Grêmio respeitou o Tombense. O time mineiro veio acompanhado do ex-zagueiro Edinho, que trabalha por lá, e deu entrevistas aqui relembrando a temporada de 1989 (foi muito legal ouvir a conversa do reencontro dele com o Mazaropi, pelo rádio, a caminho da Arena. Mazaropi, com ótima memória, recordou do Gauchão de 1989, no qual o Grêmio tinha um jogo decisivo contra o Glória, no qual, se perdesse, disputaria o torneio da morte, que definiria os rebaixados no Gauchão. O Grêmio ganhou aquele jogo no Alto da Glória, com estreia de Edinho, Jandir e Hélcio, e treinado por Cláudio Duarte. Lembro perfeitamente do jogo, e do título que veio depois).

O placar foi resolvido no primeiro tempo, dois gols de pênalti do Diego Souza (nem precisou VAR, foram assinalados em campo), mais um gol de Bitello.

GRÊMIO 3x0 TOMBENSE

 Série B - 18ª rodada - 16/7/2022

GRÊMIO: Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Pedro Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti, Bitello (Lucas Silva, 30’/2ºT), Biel (Janderson, 19’/2ºT), Campaz (Pedro Lucas, 19’/2ºT) e Ferreira (Gabriel Silva, 30’/2ºT); Diego Souza (Emerson, 38’/2ºT). Técnico: Roger Machado.

TOMBENSE: Felipe Garcia; David (Genilson, 28’/1ºT), Joseph, Roger Carvalho e Manoel; Rodrigo, Zé Ricardo e Everton Galdino; Kleiton, Keké (Renatinho, 30’/2ºT) e Ciel (Ítalo Henrique, 16’/2ºT). Técnico: Bruno Pivetti.

Gols:Diego Souza, aos 12 e 44, e Bitello aos 32 minutos do 1º tempo

Cartões amarelos: Campaz (G); Roger Carvalho (T)

Público e renda: 24.093 (22.655 pagantes). Renda: R$ 859.804,00

Arbitragem:Marcelo de Lima Henrique (CE), auxiliado por Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO) VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Próximo jogo

Série B - 19ª rodada

19/7/2022 - 19h

Brusque x Grêmio


sexta-feira, 15 de julho de 2022

Grêmio 2x0 Náutico (Série B 2022, 17.ª rodada, Arena do Grêmio, 08.07.2022, 21:30)

 Ainda estamos no aguarde de uma vitória fora de casa contra adversário direto. Contra o Bahia, foi dito que o jogo esteve entre os piores da temporada, e muito pouco futebol de ambas as equipes. Villasanti cumpriu suspensão por cartões amarelos, e no seu lugar foi escalado Thiago Santos, que Roger depois admitiu que prefere escalá-lo nos jogos fora de casa (para evitar as vaias da torcida na Arena).

Seja como for, o empate sem gols manteve a invencibilidade, bem como a posição no G4.

A essas alturas, o Grêmio se beneficia dos resultados paralelos, e da irregularidade das atuações dos adversários diretos, que começam a perder pontos.

SÉRIE B — 16ª RODADA — 03/07/2022

BAHIA 0X0 GRÊMIO

BAHIA: Danilo Fernandes; André, Ignácio, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Emerson (Falcão, 42’/2ºT), Patrick de Lucca (Miqueias, 41’/2ºT), Daniel e Lucas Mugni (Davó, 36’/2ºT); Raí (Jacaré, 26’/2ºT) e Rodallega (Marcelo Ryan, 41’/2ºT). Técnico: Enderson Moreira. 

GRÊMIO: Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Thiago Santos (Sarará, 39’/2ºT), Bitello, Janderson (Emerson, 27’/2ºT), Campaz (Pedro Lucas, 27’/2ºT) e Elias (Ferreira, 15’/2ºT); Diego Souza (Ricardinho, 39’/2ºT). Técnico: Roger Machado.

CARTÕES AMARELOS: Raí, Matheus Bahia (B) ; Geromel, Janderson (G)

LOCAL: Arena Fonte Nova, em Salvador

PÚBLICO E RENDA: 42.466 (41.617 pagantes); R$ 1.208.029.00

ARBITRAGEM: Raphael Claus (Fifa-SP), auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa-RJ). VAR: Rodrigo Nunes de Sá (Fifa-RJ).

Fora de campo, as notícias do Grêmio são sempre desanimadoras. Falou-se que a direção pediu a antecipação do horário do jogo de sexta-feira, contra o Náutico, das 21:30 para às 19:00. Nas redes sociais, só vi reclamações sobre o pedido de mudança: 19:00 é horário muito ruim para quem trabalha, e para quem vem do interior. Por sorte, o pedido foi negado, e prevaleceu o horário anterior.

Assim, busquei meu pai e chegamos com antecedência no setor (fizemos upgrade gratuito). Deu tempo de fazer uma breve live no Youtube, e tirei fotos com a câmera analógica Vivitar. A pedido de alguns no Youtube, resolvi filmar o jogo inteiro de frente para a arquibancada norte, mesmo sabendo que no segundo tempo veria o Grêmio atacando de longe.

O time de Roger se apresentou atuação melhorada. O Náutico não ofereceu perigo. Ferreira foi surpresa, sendo escalado para iniciar o jogo. E o cara não se omitiu. Errou um gol de frente pra goleira

A partida já se encaminhava para o final do primeiro tempo, mas veio o gol de Ferreira, aos 42min, dando tranquilidade para o intervalo.

No segundo tempo, mais meia-hora e saiu o segundo gol, de Bruno Alves. Roger fez várias trocas, para preservar titulares e dar minutagem para as opções: Sarará, Pedro Lucas, Emerson, Elias.

Geromel fez uma jogada empolgante: roubou uma bola na frente da grande área, e saiu em disparada, driblando mais dois pelo caminho. O lançamento, como costuma ocorrer, não deu em nada, mas foi o suficiente para uma ovação merecida da torcida.

O time de Roger saiu aplaudido ao final do jogo, com atuação convincente, e resultado que manteve o Grêmio G4, afastando-se do quinto colocado, e chegando perto da ponta de cima.

Série B  17ª rodada — 8/7/2022

GRÊMIO 2X0 NÁUTICO

GRÊMIO: Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti (Lucas Silva, 41’/2ºT) e Bitello (Sarará, 35’/2ºT); Biel (Emerson, 41’/2ºT), Campaz (Pedro Lucas, 23’/2ºT) e Ferreira (Elias, 35’/2ºT);  Diego Souza. Técnico: Roger Machado

NÁUTICO: Lucas Perri; Carlão, Bruno Bispo e João Lucas; Thássio (Júlio, 43’/2ºT), Luis Felipe (Nascimento, 23’/2ºT), Richard Franco, Jean Carlos, Victor Ferraz (Robinho, 31’, 2ºT) e Pedro Vítor; Geuvânio (Niltinho, 43’/2ºT). Técnico: Roberto Fernandes

GOLS: Ferreira (G), aos 42min do 1º tempo, e Bruno Alves (G), aos 32min do 2º tempo

CARTÕES AMARELOS: Geuvânio, Luis Felipe, João Lucas, Thássio, Ruchard Franco (N); Nicolas (G)

PÚBLICO: 23.879 pessoas (22.309 pagantes)

RENDA:R$ 799.321

ARBITRAGEM: Braulio da Silva Machado, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Alex dos Santos (trio de SC). VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)

Próximo jogo

Série B — 18ª Rodada

16/7/2022 — 16h30min

Grêmio x Tombense


terça-feira, 12 de julho de 2022

Grêmio 1x0 Londrina (Série B 2022, 15.ª rodada, Arena do Grêmio, 28.06.2022, 19:00)

 A vitória sobre o Sampaio Corrêa, aliado ao ingresso no G4, deram ânimo, e para concretizar a fase de crescimento, nada melhor que uma vitória fora de casa.

O CSA, em tese, mesmo jogando em casa, não era ameaçador. Apesar disso, a atuação do time de Roger no primeiro tempo foi muito criticada, e o treinador mexeu no time logo no intervalo, para reverter o placar desfavorável. Campaz entrou no lugar de Natã, e aí o esquema de três zagueiros deu lugar a mais um no meio-campo, com capacidade ofensiva.

O gol de empate veio logo no primeiro minuto do segundo tempo, jogada de Biel, gol de Janderson.

O placar não saiu dai. Frustração por dois pontos perdidos.


14ª Rodada - 23/6/2022

CSA 1X1 GRÊMIO

CSA: Marcelo Carné; Lucas Marques, Wellington, Lucão e Diego Renan; Geovane (Luiz Henrique, 17’/2ºT), Giva Santos, Gabriel (Léo, 31’/2ºT) e Lourenço (Marco Túlio, 25’/1ºT); Osvaldo (Lucas Barcelos, 31’/2ºT) e Rodrigo Rodrigues (Bruno Mezenga, 31’/2ºT). Técnico: Alberto Valentim.

GRÊMIO: Gabriel Grando; Natã (Campaz, INT), Geromel e Bruno Alves; Rodrigo Ferreira (Jhonata Varela, 22’/2ºT), Lucas Silva (Sarará, 22’/2ºT), Bitello e Nicolas; Janderson (Elias, 34’/2ºT) e Biel (Emerson, 34’/2ºT); Diego Souza.  Técnico: Roger Machado

GOLS: Geovane (C) aos 13 minutos do 1º tempo; Janderson (G) ao 1 minuto do 2º tempo.

CARTÕES AMARELOS: Léo e Diego Renan(C); Sarará e Varela (G)

ARBITRAGEM: Ramon Abatti Abel, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Éder Alexandre (Trio catarinense). VAR: Rodrigo D’Alonso Ferreira (AL).

LOCAL: Estádio Rei Pelé, em Maceió


Na véspera do jogo contra o Londrina, na Arena, foi oficializada a contratação de Lucas Leiva, com direito a entrevista coletiva, e chamamentos nas redes sociais.

Diversos jogadores seguem machucados, geralmente por lesão muscular. Estranho o goleiro Brenno ter tido nova lesão, e segue afastado. Gabriel Grando ganha sequência. O esquema com três zagueiros foi deixado de lado, em benefício da escalação do segundo tempo do jogo passado contra CSA, ou seja, com Campaz centralizado, e os meias rápidos Biel e Janderson pelos lados. Diz-se que Campaz voltou muito mais profissional da última convocação para a Seleção da Colômbia (mais magro, com interesse nos treinos). Meu palpite é que o treinador da Seleção deve ter dado a dica para o Campaz: mantenha-se em forma e jogando bem no teu time e seguirá com oportunidades na Seleção.

O horário das 19:00, em dia de semana, é muito difícil de chegar a tempo de assistir desde o apito inicial. E saindo menos de uma hora antes, com meu pai, estacionamento E1, upgrade gratuito de setor, chegamos na hora do minuto de silêncio. O público foi de 11mil, noite de previsão de chuva e frio.

O jogo começou bem, e vimos o Grêmio com muita energia. O Londrina não oferecia perigo. Algumas chances desperdiçadas até o gol de Biel, aproveitando bela assistência de Diego Souza. Na minha filmagem, o gol ficou encoberto por um cara que se levantou bem na hora, mais rápido que eu. Tranquilo.

Deu-se algo espantoso: o Londrina se achou no jogo e chegou ao empate. O gol acabou sendo anulado mediante intervenção do VAR. A Arena ficou apreensiva com o nervosismo demonstrado por Gabriel Grando, e a partir daí todos ficamos nervosos.

No segundo tempo houve mais um gol anulado do Londrina. E Diego Souza saiu de campo reclamando de entrada desleal nas costas por Saimon, ex-zagueiro gremista.

O jogo e a atuação foram ruins, mas serviu o resultado mínimo.


SÉRIE B — 15ª RODADA — 28/06/2022

GRÊMIO 1X0 LONDRINA

GRÊMIO: Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti (Sarará, 35’/2ºT), Bitello (Lucas Silva, 44’/2ºT), Janderson (Elias, 23’/2ºT), Campaz (Gabriel Silva, 23’/2ºT) e Biel (Emerson, 35’/2ºT); Diego Souza. Técnico: Roger Machado.

LONDRINA: Matheus Nogueira; Samuel Santos (Augusto, 21’/2T), Vilar (Denilson, 42’/2ºT), Saimon e Eltinho (Dudu, INT); João Paulo, Jhonny Lucas, Gegê, Alan Ruschel (Matheus Lucas, INT); Caprini e Douglas Coutinho (Mirandinha, INT). Técnico: Adilson Batista

GOLS: Biel (G) aos 13 minutos do 1º tempo;

CARTÕES AMARELOS: Biel, Villasanti e Gabriel Silva (G); Eltinho (L);

LOCAL: Arena do Grêmio;

PÚBLICO E RENDA:11.791 (10.621). R$ 357.676,00;

ARBITRAGEM: Marielson Silva, auxiliado por Elicarlos Franco de Oliveira e Luanderson Lima dos Santos (trio da Bahia). VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (Fifa-MG)


domingo, 19 de junho de 2022

Grêmio 2x0 Sampaio Correia (Série B 2022, 13.ª rodada, Arena do Grêmio, 18.06.2022, 11:00)

Mais de 30 mil o público na Arena

 Com a vitória sobre o Novorizontino, a partida contra o Sport tinha importância, pois era o adversário direto para ingresso no G4. Apenas um ponto separa os times, e o Sport é 4.o colocado, e o Grêmio é 5.o.


Brenno ainda sente lesão, então Gabriel Grande ganhou sequência. Fez-se um grande esquema para o retorno de Villasanti, que serviu a Seleção do Paraguai. Diego Souza ficou fora por questão médica. Mas todos ficaram inconformados com a opção de Roger por Thiago Santos com Villasanti, deixando Bitello no banco.


Ainda falta para o Grêmio a vitória em um jogo difícil. Para subir para a Série A não basta ganhar dos times fracos, e o time de Roger precisa vencer algum adversário direto, mesmo fora de casa. Ainda não foi o caso dessa vez, com empate sem gols, e atuação deprimente, onde se disse que o Grêmio bateu recorde de passes errados.


SPORT 0x0 GRÊMIO

SPORT: Mailson; Ezequiel, Rafael Thyere, Sabino e Sander; Fabinho, Bruno Matias (Alanzinho, 40’/2ºT) e Giovanni (Thiago Lopes, 25’/2ºT); Luciano Juba, Jaderson (Vanegas, 14’/2ºT) e Kayke (Búfalo, 25’/2ºT). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

GRÊMIO: Gabriel Grando; Rodrigues, Geromel e Kannemann; Edílson (Jhonata Varela, 34’/2ºT), Thiago Santos, Villasanti  (Bitello, 19’/2ºT) e Nicolas; Janderson  (Elias, 19’/2ºT), Elkeson (Ricardinho, 31’/2ºT) e Biel (Campaz, 31’/2ºT). Técnico: Roger Machado. 

CARTÕES AMARELOS: Giovanni, Jaderson, Ezequiel e Gilmar Dal Pozzo(S) ; Janderson, Biel, Elias, Kannemann (G)

CARTÃO VERMELHO: Kannemann (G)

LOCAL: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata-PE

ARBITRAGEM:* Wilton Pereira Sampaio, auxiliado por Bruno Raphael Pires e Bruno Boschilia.  VAR: Emerson de Almeida Ferreira.

PÚBLICO: 16.506

RENDA: R$ 290.610,00


Lucas Leiva já é uma possibilidade remota de contratação, e o que tem impedido o acerto parece que é a duração do contrato: o Grêmio oferece até o final de 2023, e o jogador pretende até 2024. Falou-se também em Mario Fernandes (o lateral—direito que tinha uma boa saída para o ataque, fazia gols, chegou a ser convocado para a Seleção - e se recusou a pegar o avião -, vendido ao CSKA, ganhou nacionalidade russa e disputou Copa do Mundo de 2018 - e fez gol. O cara está em ano sabático, tendo pedido suspensão do contrato para acompanhar nascimento do filho no Brasil).


Para o jogo contra o Sampaio Correia, segue Gabriel Grando no gol. Kannemann foi expulso no jogo passado, e no seu lugar ingressou Bruno Alves. Rodrigues teve algum resfriado e deu lugar a Natã. Edílson se lesionou mais uma vez no jogo contra o Sport, e sem poder contar com o também lesionado Rodrigo, foi escalado, improvisado, Jhonata Varela. O bom lateral Nicolas foi preterido em favor do contestado Diogo Barbosa, em nome de um alegado melhor posicionamento ofensivo. Bitello voltou ao time, formando o meio com Villasanti. E no ataque, Janderson ganha mais uma oportunidade, junto com Biel e o retorno de Diego Souza.


O jogo contra o Sampaio Corrêa, na Arena, no sábado dia 18.06.2022, seria às 11:00, e a torcida foi convocada insistentemente. Tem-se falado muito das torcidas dos outros times, que têm marcado presença nos estádios e dado muito apoio, e Roger, jogadores, dirigentes vêm reclamando da pouca participação do público na Arena, e das vaias.


Primeiro jogo que meu pai me acompanhou em 2022, e saímos com uma hora de antecedência. Na chegada, uns 20min antes da bola rolar, vimos grandes filas nas rampas. Estacionamos no E1, e subimos direto para os assentos. Deu tempo de encontrar lugar, e em seguida começou o jogo. Meu pai ficou atrás da goleira sul, onde pegava sol (dia era frio), e eu fui para o outro lado, pois o Grêmio atacaria para o lado da arquibancada norte no primeiro tempo (coisa rara, geralmente no sorteio o Grêmio ataca para o sul na etapa inicial).


A mobilização surtiu efeito, pois o público foi de 30 mil. A torcida apoiou o time, mas não se conteve quando Diogo Barbosa foi substituído, e Thiago Santos entrou em campo, dois jogadores que era melhor não terem entrado nesse jogo, o primeiro por jamais ter justificado sua contratação, e o segundo por ter entrado com a vitória encaminhada, no lugar de um zagueiro, e acredito que a torcida preferia algum jogador mais agudo.


O jogo foi muito ruim, e a bola dificilmente chegava em boas condições no ataque. Tentei me concentrar nas jogadas de ataque, para ver se conseguia reparar onde estava a dificuldade do time de Roger, mas a bola passava muito tempo longe da zona ofensiva. Algumas chances foram criadas, e o Sampaio Corrêa raramente ofereceu perigo.


No final do primeiro tempo, Diego Souza abriu o placar num bate rebate aéreo. Era uma cobrança de falta pela esquerda, que um jogador do Sampaio Corrêa catimbou bastante, atrasando a cobrança. Não deu resultado, e Diego Souza estava livre para cabecear para o gol.


O gol deu alguma tranquilidade. Para o segundo tempo, fiquei atrás da goleira sul, sob o sol do meio-dia, que dava uma trégua no frio. Pipoca salgada (queria doce) e refri para ajudar na fome do almoço.


O jogo seguiu o ritmo ruim, Roger fez algumas substituições previsíveis - entrada de Elias, Lucas Silva, Nicolas, Campaz. Acho que Elias deve merecer mais oportunidades que Janderson. Pode ser que o cara desperdice chances de gol, mas a contribuição dele é maior, e é um jogador que oferece mais perigo que Janderson, e acho que merece confiança para superar a ansiedade.


No terço final do jogo, foi assinalado pênalti a favor do Grêmio. Na sequência da jogada, Elias perdeu o gol feito, de cara para a goleira, sem o arqueiro. Sorte dele que o jogo já tinha sido interrompido. Diego Souza pegou a bola, tirando da mão do Elias. Bateu bem, no canto, sem chances para o goleiro.


O jogo se encaminhou para o final. Valeu o resultado, e o público de mais de 30 mil. Soube-se depois que Kannemann sentiu lesão muscular e fica fora por pelo menos duas semanas. Edílson é outro que tá no departamento médico por lesão muscular. Segue a novela Lucas Leiva, as contratações de Guilherme e Thaciano (que não empolgam, são dois caras que vão jogar mas não vão ser diferenciais, nem acrescentar ao que já se tem), e possivelmente mais uns dois (lateral e meia ofensivo).


Com o empate do Sport contra Náutico, o Grêmio entra no G4.


Série B - 13ª rodada - 18/06/2022

Grêmio 2x0 Sampaio Corrêa

GRÊMIO: Gabriel Grando; Natã (Thiago Santos, 26’/2ºT), Geromel e Bruno Alves; Jhonata Varela, Villasanti (Lucas Silva, 36’/2ºT), Bitello e Diogo Barbosa (Nicolas, 15’/2ºT); Biel (Campaz, 36’/2ºT), Janderson (Elias, 15’/2ºT) e Diego Souza. Técnico: Roger Machado.

SAMPAIO CORRÊA: Luiz Daniel;  Mateusinho (Gabriel Furtado, 36’/2ºT), Allan Godoi, Nilson Jr e Lucas Hipólito; André Luiz (Lucas Araújo, INT), Ferreira (Rafael Costa, 20’/2ºT), Maurício, Eloir e Ygor Catatau (Eron, 29’/2ºT); Poveda (William, 36’/2ºT). Técnico: Léo Conde.

Gols: Diego Souza (G) aos 35 do 1º tempo e aos 32 do 2º tempo.

Cartões amarelos: Lucas Araújo e Eloir (S)

Público e renda: 30.767 (29.226 pagantes). Renda R$ 1.181.808,00

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre

Arbitragem: Andre Luiz de Freitas Castro, auxiliado por Fabricio Vilarinho da Silva (FIFA) e Leone Carvalho Rocha (trio do GO). VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ).

Próximo jogo

Série B - 14ª rodada

23/06/2022 - 21h30min

CSA x Grêmio

quarta-feira, 8 de junho de 2022

Grêmio 2x0 Novorizontino (Brasileirão Série B 2022, 11.ª rodada, Arena do Grêmio, 07.06.2022, 21h30min)


 O Grêmio venceu o Glória por 5x0 e faturou o título da Recopa Gaúcha. Foram escalados os reservas, e basicamente poucos se importaram com o jogo (evidente que foi bom ter vencido), pois o que interessa é a Série B, e na sequência de resultados, tem-se que o time de Roger não venceu no mês de maio, e teve atuações muito contestadas, apesar de todo o tempo de treino entre as partidas.

Roger estava pressionado, e mudou o esquema, passando a adotar três zagueiros, no 3-5-2. A volta de Kannemann foi providencial, e após longo tempo afastado dos gramados, voltou a ser relacionado, e já está correspondendo.

Mas o empate fora de casa, em 0x0, contra o fraco Vila Nova foi decepcionante, e a demissão de Roger era iminente. Pressão das redes sociais, e principalmente, pressão de parte da imprensa (tem narrador que sempre coloca comentários ao Roger em tom de crítica “nunca tem seguimento nos trabalhos, não tem títulos importantes, não rende nada mesmo tendo tempo para treinar”). E realmente ficou difícil em muitos momentos dar moral e acreditar no Roger, pelas escalações, pelas atuações fracas, e substituições equivocadas.

O jogo contra o Vasco, também fora de casa, ganhou contornos épicos e tornou-se emblemático. Adversário direto, time de tradição, embalado pela torcida, tudo levava a crer que Roger perderia emprego no Rio de Janeiro. E dali voltaria o Grêmio com Renato (como sonha parte da torcida que se manifesta nas redes sociais). E nesse momento, caso substituído Roger, só vejo Renato em condições mesmo para assumir o time, do jeito que está, e trazer junto a torcida. Na semana do jogo começou a fritura, com notícia de que após o jogo contra o Vila Nova haveria reunião do Presidente com o Vice de Futebol. Depois se disse que foi de rotina, para mobilização. Mas então por que a notícia da reunião? Parece-me que são coisas ditas para a imprensa com a intenção de gerar esse tipo de notícia, de que algo está sendo feito, e o técnico está com o cargo ameaçado.

Quando a escalação do time foi divulgada, com Thiago Santos e Benitez (Villasanti e Campaz desfalcam o time por convocações para amistosos das Seleções do Paraguai e Colômbia), a primeira coisa que pensei foi que Roger tinha largado de mão. Pois são dois dos jogadores mais contestados pela torcida, e seriam escalados para iniciar uma partida decisiva. Com a bola rolando, o que se viu foi um Grêmio com muito mais vibração. O jogo pode ter sido ruim, e o resultado foi mais um 0x0, mas todos comemoraram a atitude nova do time, e até as boas atuações de Thiago Santos e Benitez (este até ser substituído).

O Grêmio voltaria para a Arena, contra o Novorizontino, em 07.06.2022, e a necessidade urgente da vitória. Paralelamente a isso, cresceu o rumor do possível retorno de Lucas Leiva, grande volante que se projetou lá em 2005, na Série B, e depois na Libertadores de 2007, e há muitos anos está na Europa, já tendo servido a Seleção Brasileira.


Recopa Gaúcha - 24/05/2022

GLÓRIA 0X5 GRÊMIO

GLÓRIA: Samuel; Douglas, Vacaria (Bruno Cruz, 16’/2ºT) e Igor; Marcão, Baggio (Felipe Klein, 16’/2ºT), Matheus Paulista (Francis, INT), Germano e Vitor; Tcharles (Biel, 16’/2ºT) e João Paulo (Rafael, 24’/2ºT). *Técnico:*Alê Menezes.

GRÊMIO: Gabriel Grando; Rodrigues, Natã, Kannemann (Heitor, 12’/2ºT); Sarará (Jhonata Varela, 20’/2ºT), Thiago Santos (Fernando Henrique, 26’/2ºT), Campaz, Benítez e Thiago Rosa; Janderson (Quejada, 26’/2ºT) e Elkeson (Ricardinho, 20’/2ºT). Técnico: Roger Machado.

Gols: Elkeson, aos 7, e Campaz aos aos 45 minutos do primeiro tempo; Janderson aos 18,  Jhonata Varela aos 22 e Ricardinho aos 35 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Igor, Marcão, Baggio e Felipe Klein(GLO) ; Kannemann, Thiago Santos (G).

Local: Estádio Altos da Glória, em Vacaria.

Arbitragem: Roger Goulart, auxiliado por Otávio Legramanti e Conrado Bittencourt Berger. 


SÉRIE B — 9ª RODADA — 29/5/2022

VILA NOVA 0X0 GRÊMIO

VILA NOVA : Tony; Alex Silva, Renato, Alisson Cassiano (Rafael Donato, 30’/2ºT) e Bruno Collaço; Rafinha (Pedro Bambu, 43’/2ºT), Pablo Roberto (Ralf, 30’/2ºT) e Wagner (Jean Silva, 29’/2ºT); Matheuzinho, Pablo Dyego e Daniel Amorim: Técnico: Dado Cavalcanti

GRÊMIO: Brenno; Rodrigues (Elias, 27’/2ºT), Geromel e Bruno Alves; Mateus Sarará (Jhonata Varela, 7’/2ºT), Villasanti, Bitello e Nicolas; Campaz (Janderson, INT), Diego Souza (Elkeson, 17’/2ºT) e Biel (Benítez, 27’/2ºT). Técnico: Roger Machado 

CARTÕES AMARELOS: Matheuzinho(V); Geromel, Benítez (G)

ARBITRAGEM: Douglas Marques das Flores, auxiliado por Daniel Ziolli e Fabrini Costa (trio de SP). VAR: Caio Max Vieira (RN)/ 

LOCAL: Estádio Serra Dourada, em Goiânia


SÉRIE B — 10ª RODADA — 02/06/2022

VASCO DA GAMA 0X0 GRÊMIO

VASCO : Thiago Rodrigues; Gabriel Dias (Weverton, 22’/2ºT), Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri, Andrey Santos (Matheus Barbosa, 26’/2ºT) e Nenê (Palacios, 26’/2ºT); Gabriel Pec, Figueiredo (Vinicius, 34’/2ºT) e Getúlio (Raniel, 22’/2ºT). Técnico: Zé Ricardo

GRÊMIO: Brenno; Bruno Alves, Geromel e Kannemann; Edílson (Jhonata Varela, 18’/2ºT), Thiago Santos, Benítez (Janderson, INT), Bitello (Lucas Silva, 18’/2ºT) e Nicolas (Diogo Barbosa, 18’/2ºT); Biel e Diego Souza (Elkeson, 28’/2ºT). Técnico: Roger Machado

AMARELOS: Quintero, Andrey, Figueiredo, G. Dias e Palacios (V); Benítez e Kannemann (G)

LOCAL: São Januário, no Rio de Janeiro

PÚBLICO E RENDA:21.075 (19.403 pagantes); R$ 624.424,00

ARBITRAGEM: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA), auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Evandro de Melo Lima. VAR: Vinicius Furlan (quarteto paulista)


Roger ganhou sobrevida no cargo, e no domingo o treino foi aberto à imprensa, e daí a notícia de que houve muitas cobranças sobre os jogadores, e momentos de impaciência do treinador com a falta de compreensão dos jogadores às tarefas pedidas. Também aí achei que havia algo por trás da cobrança pública, seja o técnico escancarando a falta de qualidade do elenco, seja para mexer nos brios dos jogadores, seja, ainda, para seguir na fritura do treinador.

Fato é que Elias está na geladeira, e Janderson está ganhando tempo de jogo. Bruno Alves positivou para COVID-19, então Rodrigues foi o terceiro zagueiro. Edílson ganha sequência, assim como Kannemann.

Recuperado de virose, saí para a Arena com uma hora de antecedência, estacionei no Portão 5, e subi de elevador até o assento que peguei no upgrade gratuito. Fiquei bem atrás da goleira onde o Grêmio atacaria no primeiro tempo.

Estava feliz de voltar, de estar bem, e chegar tranquilo para ver o jogo.

O Novorizontino era um adversário muito fraco, que jamais ameaçou o gol gremista. O problema era mesmo a deficiência na conclusão das jogadas. Não notei nada do que poderia ter sido algo trabalhado nos treinos preparatórios. Era muita vontade mesmo, e muitas bolas roubadas na zona de ataque, mas as conclusões eram fracas. Notei que Janderson estava com muita dificuldade em acertar as suas jogadas. Biel também, e recebeu muita cobrança do Diego Souza (o cara acaba compensando no número de roubadas de bola e interceptações na zona de ataque). Nicolas apareceu pouco, o que me preocupa. Edílson, por outro lado, quando aparece sempre teve um passe de qualidade lá dentro da área. Rodrigues teve atuação tipo seek and destroy, tirou todas na defesa, e saia em velocidade com a bola para tirar da zona de defesa. 

Vários momentos houve alguma observação do VAR. Em duas o jogo ficou parado por algum tempo, até que no final do primeiro tempo o árbitro foi chamado para ver no vídeo e assinalou pênalti sobre Geromel. Diego Souza cobrou bem (achei que o goleiro ia pegar), e finalizou a seca de gols na Série B. O gol deu ânimo para o intervalo.

Na volta para o segundo tempo, Janderson e Biel estavam melhores. Principalmente Janderson, e o cara foi coroado com o segundo gol da partida. Acho que Biel joga mais que Janderson, mas este tem vontade de fazer gols, e Biel raramente assume a tarefa de chutar a gol, ele sempre passa para alguém, mesmo mal colocado. O gol deve ter dado confiança, pois a partir daí Janderson acertou todas as jogadas.

Só depois do jogo fui saber que no gol estava Gabriel Grando (Brenno sentiu alguma lesão no aquecimento antes da partida), e o cara quase se complicou numa saída com os pés.

Cara que começou mal, mas depois fez uma baita partida foi o Thiago Santos. Nos primeiros minutos teve alguns erros de passe, mas ele se recuperou em seguida e passou a se antecipar nas roubadas de bola, e saia rápido para armar jogadas.

Geromel teve mais uma atuação que todo mundo gosta, e para mim foi importante ver o Kannemann jogando em alto nível. Agora temos dois zagueiros novamente, que são raçudos, estão sempre atentos, roubando bolas, interceptando jogadas e antecipando os adversários. Pareceu-me que com Kannemann de volta as coisas vão se acertar.

O público, mais uma vez, foi baixo (12mil), mas só vai melhorar quando as vitórias e atuações empolgarem, pois o noticiário do Grêmio é brabo de acompanhar.

O Grêmio volta a campo na segunda que vem (ou no fim de semana, caso seja antecipada a partida), contra o Sport, fora de casa.


SÉRIE B - 11ª RODADA - 07/06/2022

GRÊMIO 2X0 NOVORIZONTINO

GRÊMIO: Gabriel Grando; Rodrigues, Geromel e Kannemann; Edílson, Thiago Santos (Lucas Silva, 25'/2ºT), Bitello (Sarará, 35'/2ºT) e Nicolas; Janderson (Gabriel Silva, 35'/2ºT), Biel (Elias, 25'/2ºT) e Diego Souza (Elkeson, 16'/2ºT)Técnico: Roger Machado

NOVORIZONTINO: Giovanni; Felipe Rodrigues (Willean Leppo, 37'/1ºT), Rodolfo Filemon (Jhony Douglas, INT), Ligger e Romário; Joílson, Gustavo Bochecha e Diego Torres (Rômulo, 16'/2ºT); Danielzinho (Ronald, INT), Ronaldo (Quirino, INT) e Léo BaianoTécnico: Allan Aal

GOLS: Diego Souza (G), aos 53 do 1º tempo; Janderson (G), aos 12 do 2º tempo

AMARELOS: Janderson, Lucas Silva e Elias (G); Filemon, Ligger, Ronald e Léo Baiano (N)

PÚBLICO E RENDA: 12.357 (11.098); R$ 364.029,00

LOCAL: Arena do Grêmio, em Porto Alegre

ARBITRAGEM: Savio Pereira Sampaio, auxiliado por Daniel Henrique da Silva Andrade e José Reinaldo Nascimento Júnior (trio do DF). VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

PRÓXIMO JOGOSÉRIE B — 12ª RODADA

13/06/2022 — 20H SPORT X GRÊMIO

domingo, 22 de maio de 2022

Grêmio 0x0 Criciúma (Brasileirão Série B, Arena do Grêmio, 19.05.2022, 19:00)


Embalado por estar na liderança, após vitória contra o CRB em casa, a expectativa era de um grande jogo contra o Cruzeiro, na Arena Independência. Particularmente eu acreditava na vitória do time de Roger, e busquei nos meus arquivos gols de jogos passados contra os mineiros e publiquei no Twitter.

O confronto foi noticiado como o mais importante da Série B, pois pelo visto até então não tinham se enfrentado dois times com tanta tradição.

Mas o Grêmio tomou gol contra, marcado pelo lateral Rodrigo, e não conseguiu fazer nada melhor para buscar melhor resultado. Lucas Silva foi substituído no intervalo, e isso deu a impressão de terem melhorado as coisas.

Série B – 6ª rodada - 8/5/2022

CRUZEIRO: Rafael Cabral; Zé Ivaldo (Wagner, 20’/2ºT), Oliveira e Eduardo Brock; Geovane (Rômulo, 12’/2ºT), Willian Oliveira, Neto Moura e Matheus Bidu (Rafael Santos,  36’/2ºT); Luvannor (Miticov, 20’/2ºT), Edu (Waguininho, 36’/2ºT) e Jajá. Técnico: Paulo Pezzolano.

GRÊMIO: Brenno; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti; Elias (Janderson, 25’/2ºT), Lucas Silva (Gabriel Silva, INT), Bitello (Campaz, 32’/2ºT) e Biel (Ricardinho, 32’/2ºT); Diego Souza  (Elkeson, 25’/2ºT). Técnico: Roger Machado. 

GOLS: Rodrigo Ferreira contra (C), aos 26min do 1º tempo.

CARTÕES AMARELOS:Zé Ivaldo, Geovane (C); Lucas Silva, Villasanti (G).

ARBITRAGEM: Flavio Rodrigues de Souza (Fifa), auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (trio de São Paulo). VAR: Vinicius Furlan (SP).

LOCAL: Arena Independência, em Belo Horizonte.

Mais uma semana de treinos e ninguém tinha dúvida de que a vitória era fundamental para o Grêmio contra o Ituano, em mais um jogo fora de casa. Pressionado pela atuação contra o Cruzeiro, Roger mexeu no time, e sacou Lucas Silva em favor de Gabriel Silva, atendendo aos apelos de imprensa e da torcida que se manifesta nas redes sociais.

Os treinos voltaram a ser acompanhados pela imprensa, e foram divulgados momentos de treino de finalizações nos quais é mostrado Benitez com pouca intensidade e aproveitamento fraco. Intuitivamente pensei que o cara deve estar arquivado para entrar no time.

Depoimento unânime, inclusive dos jogadores na saída de campo, é que o primeiro tempo do jogo contra o Ituano foi muito fraco para o Grêmio. Ouvindo falar parecia que nenhuma jogada tinha sido concluída. Para o segundo tempo o time voltou com outra atitude, e o gol saiu logo cedo, com Diego Souza.

O jogo se encaminhava para uma vitória importante fora de casa, apesar da atuação. Mas Roger fez alterações no time, promovendo ingresso dos contestados Janderson e Benitez. Nessa hora eu tive a mesma sensação de quando Bressan entrava no time: aumentaram as chances de tomar gol.

O Ituano tomou gosto e foi ao ataque. Brenno fez algumas defesas, a defesa tirou outras, mas nos acréscimos o Ituano fez o gol de empate.

Diz-se que no período que esteve em campo, Benitez perdeu a posse de bola por cinco vezes. Parece-me que tem caras que o Roger não pode mais contar.

As entrevistas coletivas de Roger e Denis Abrahão foram incomuns, pois botaram na conta dos jogadores a falta de atitude para vencer a partida. Foi dito que pelos menos agora os jogadores entenderam que precisam entrar no “espírito da Série B”, e fazer os resultados acontecerem, e não esperar pela vitória como se viesse espontaneamente.

SÉRIE B - 7ª RODADA - 9/2/2022

ITUANO: Pegorari; Pacheco, Léo Santos, Bernardo e Roberto (Mário Sérgio, 37’/2ºT);  Rafael Pereira (Gabriel Barros, 31’/2ºT), Lucas Siqueira, Kaio (João Victor, 21’/2ºT) e Gerson Magrão (Lucas Nathan, 31’/2ºT); Aylon (Dudu Vieira, 21’/2ºT) e Rafael Elias. Técnico: Mazola Júnior

GRÊMIO: Brenno; Rodrigo Ferreira (Sarará, 21’/1ºT), Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti, Gabriel Silva (Campaz, INT) e Bitello; Elias (Elkeson, INT), Biel (Janderson, 26’/2ºT) e Diego Souza (Benitez, 29’/2ºT). Técnico: Roger Machado

GOLS: Diego Souza (G), aos 2 minutos, e Lucas Nathan (I) aos 47 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS: Aylon, Rafael Pereira, Lucas Siqueira, Bernardo e Rafael Elias (I); Elkeson (G) 

LOCAL: Novelli Junior, em Itu (SP).

ARBITRAGEM: Savio Pereira Sampaio, auxiliado por Daniel Henrique da Silva Andrade e Lucas Costa Modesto (trio do DF). VAR: Leone Carvalho Rocha (GO)

Romildo deu entrevista coletiva anunciando que não irá concorrer ao governo do RS, acabando com especulações que crescendo e estavam tomando conta do noticiário gremista.

Sem pode contar com Edilson e Rodrigo Ferreira, machucados, Roger voltou a escalar Rodrigues na lateral-direita. O técnico voltou atrás e sacou Gabriel Silva para o retorno de Lucas Silva. Além disso, optou-se por Elkeson, ao lado de Diego Souza, no lugar de Elias.

De certo que Roger deve ter pensado que tinha protegido suficientemente a defesa, e que Bitello estaria em condições de servir os atacantes.

Mas o jogo foi muito ruim. Cheguei com 12min de atraso, pois não pude sair de casa antes de ver tranquilizadas as coisas, e o que se viu foi o Criciúma numa boa, tentando sair com algumas jogadas, e defendendo sem muita preocupação. O goleiro catarinense fez boas defesas nas raras chances mais agudas do Grêmio, e Diego Souza e Elias (no segundo tempo), perderam chances claras.

Particularmente não sei se era o caso para tantas alterações. Apenas a troca de Elkeson por Elias, para mim, já estava justificada, mas Roger seguiu tirando Villasanti, Biel, Lucas Silva e mandou a campo Fernando Henrique (primeira partida na Série B), Sarará (para lateral-direita), Gabriel Silva, e Campaz. Fiquei com a impressão de que o técnico sentiu a pressão, fez substituições aleatórias, como que para não ser dito que não tinha tentado alterar alguma coisa no time. Se o cara tivesse com a cabeça no lugar, talvez fizesse ajustes no posicionamento, ou algo assim, sem precisar mexer nas peças, até porque dificilmente os jogadores que entraram em campo teriam aptidão para fazer algo muito melhor do que os substituídos.

Quem fez grande partida foi Geromel. O cara tirou todas na defesa, e ainda puxou ataques. É o único que nunca oscila, sempre joga em alto nível.

Na entrevista coletiva, Roger disse que colocou os jogadores nos seus melhores momentos (não entendi, ou ele quer dizer que o melhor momento de Campaz é uns 30min por jogo, por exemplo). Também enfatizou que muitos jogadores em campo tinham 19, 20 anos, mas foi logo contraditado pelos repórteres pois no mínimo 7 jogadores eram experientes. E ainda que assim não fosse, porque mandar a campo Fernando Henrique, Gabriel Silva e tudo mais se eles não estão prontos.

Nesse momento, fica difícil pensar positivamente no trabalho de Roger, pois suas escolhas, com idas e vindas nas escalações, demonstram que o cara não está com a cabeça boa, e está sentido a pressão por resultados. Tempo para treinar tem tido, com jogos a cada semana (ou mais), e agora tem-se dez dias para o próximo jogo pela Série B. Ainda assim, ele entregou mais do que vinha fazendo Vagner Mancini, então a troca ainda se justifica, mas não entendo porque o cara não conseguiu ainda regularidade nas atuações, sobretudo após ganhar o Gauchão 2022 de forma incontestável.

A direção sim comprova que não entende nada de futebol, seja nas decisões (manter Mancini de 2021 para 2022, manter o elenco praticamente inteiro do rebaixamento, contratações que nada agregaram). As vozes já sobem de tom para pedir trocas na direção de futebol ou no treinador. A pressão é maior do que nunca, e não vejo no time grandes esperanças de uma mudança apenas com treinos e com a passagem do tempo. Já se espera pela janela de transferências para reforçar o time, mas isso só virá para o segundo turno. E ainda há muitas rodadas até lá. Fato é que a torcida está cansada: presidente indeciso que demorou para se decidir, declarações desajeitadas do vice-de futebol, treinador que ainda não conseguiu dar regularidade ao time e tem tomado decisões questionáveis na escalação e substituições, jogadores inaptos, ingressos caros, setor da arquibancada norte ainda interditado. Parece que nada ajuda, e a torcida está impaciente: 2021 foi todo no Z4, e 2022 tá dando a impressão de filme repetido.

SÉRIE B — 8ª RODADA — 19/05/2022

GRÊMIO: Brenno; Rodrigues (Campaz, 11’/2ºT), Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti (Fernando Henrique, 33’/2ºT), Lucas Silva (Sarará, 11’/2ºT), Biel (Gabriel Silva, 33’/2ºT) e Bitello; Diego Souza e Elkeson (Elias, 26’/2ºT) . Técnico: Roger Machado

CRICIÚMA: Gustavo; Claudinho (Cristovam, 39’/2ºT), Rodrigo, Rayan e Marcelo Hermes; Léo Costa, Arilson, Fellipe Mateus (Rômulo, 19’/2ºT), Thiago Alagoano (Caio Dantas, 19’/2ºT), Rafael Bilu (Eduardo Melo, 44’/2ºT); Hygor (Renan Bressan, 19’/2ºT) . Técnico: Cláudio Tencati

CARTÕES AMARELOS: Lucas Silva (G); Hygor, Gustavo, Felipe Mateus e Caio Dantas (C)

LOCAL: Arena, em Porto Alegre

PÚBLICO E RENDA:* 10.824 (9798 pagantes); R$ 354.112,00

ARBITRAGEM: Wilton Pereira Sampaio (GO), auxiliado por Bruno Boschilia (PR) e Rafael Trombeta (PR). VAR: Wagner Reway (PB)  

PRÓXIMO JOGO

RECOPA GAÚCHA — FINAL

24/05/2022 — 19H

GLÓRIA X GRÊMIO


Grêmio 2x1 Ponte Preta (Série B 2022, 20.ª rodada, Arena do Grêmio, 23.07.2022, 16h30min)

Público: 43 mil  Duas vitórias em casa, com boas atuações, faziam acreditar que o Grêmio de Roger tinha se encontrado, e mudado de patamar. ...